O que fazer em Lima?

Igreja San Francisco

 

Lima é parada obrigatória para quase todos os turistas que chegam de avião ao Peru. Os voos do Brasil para Cusco, por exemplo, quase sempre fazem escala em Lima. Assim, muita gente decide passar um dia ou dois na capital peruana, aproveitando a passagem.

Separei algumas das atrações mais bacanas de Lima para ajudar a montar o roteiro de sua estância por lá. Dividi a cidade em quatro áreas, assim você visita tudo que está próximo de uma vez e otimiza seu tempo. Continuar lendo

Anúncios

Como lidar com os efeitos da altitude em Cusco

23112014-IMG_3732 Mais cedo ou mais tarde em Cusco sentimos a altitude. Estamos 3.400 metros acima do nível do mar, e a pressão parcial do oxigênio, ou seja, a disponibilidade do mesmo para a nossa respiração é menor do que estamos acostumados no Brasil.

Alguns não sentem quase nada, e outros sempre sofrem um pouco (como eu). Os sintomas mais comuns do mal de altura são dor de cabeça, falta de ar, fadiga, transtornos digestivos e do sono, e falta de apetite. Para a maioria dos turistas isso pode atrapalhar bastante a viagem. Continuar lendo

Nova fase da minha aventura: um ano em Cusco!

Praça de Armas de Cusco
Praça de Armas de Cusco

Há exatamente dez meses eu iniciava minha aventura na Cidade do México, a Gran Tenochtitlán, antiga capital do Império Azteca. Dez meses mais tarde, na Cidade de Cusco, o umbigo do mundo, antiga capital do Império Inca, minha aventura passa para uma segunda fase. Continuar lendo

Paracas: o encontro do deserto com o mar

Playa Supay - Reserva Nacional de Paracas
Playa Supay – Reserva Nacional de Paracas

Embora não muito conhecida pelo público brasileiro, Paracas, no sul do Peru, tem algumas paisagens bem exóticas para nós. Ilhas cheias de vida animal e praias formadas pelo encontro do deserto com o mar são algumas das surpresas que essa cidade, há 3 horas de Lima, reserva. Continuar lendo

Huaraz: natureza e cultura a poucas horas de Lima

A amiga Sintia Soares Helpes viajou em lua de mel no início do ano para o Peru, e nos enviou esse relato de uma parte do país não tão famosa entre os brasileiros. Além de Cuzco e Machu Picchu, as belezas da Cordilheira Branca encantam na Terra do Império Inca. Obrigada pela contribuição ao blog, e pela dica! Já entrou no roteiro da minha próxima viagem ao Peru!

A menos de 400 Km de Lima, Huaraz é uma cidade ímpar e pouco frequentada por brasileiros. Uma das coisas que me motivou a escrever sobre o lugar foi a queixa de um artesão, nascido e criado em Huaraz, sobre o fato de encontrar poucos turistas brasileiros na cidade. Segundo ele, quem mais visita Huaraz são europeus e argentinos. Respondi a ele que brasileiro tem medo de altura e que nosso ponto mais alto tem menos de 3.000 metros (Huaraz fica a aproximadamente 3.050 metros de altitude), o que o fez rir muito e mostrar o orgulho que sente por morar em uma cidade tão alta!

Huaraz, capital do departamento de Ancash, foi devastada por um terremoto em 1970 e ainda está em reconstrução. A cidade é cercada pela cordilheira branca, por um lado, e pela cordilheira negra, por outro. Os moradores da região, principalmente nos vilarejos próximos à Huaraz, ainda conservam vários elementos tradicionais de sua cultura, como as vestimentas, alimentação, trabalho no campo e peças que remontam aos seus ancestrais.

IMG_5386

Camponesa com vestimentas tradicionais em protesto na praça central de Huaraz Continuar lendo